Anorgasmia

Embora atingir ambos os sexos, a anorgasmia é um problema que atinge principalmente as mulheres.

Ela se caracteriza quando o indivíduo tem dificuldade ou incapacidade de chegar ao orgasmo, em que a pessoa não consegue sentir o ponto máximo da relação íntima e passa a ter uma diminuição do desejo sexual devido à frustração.

Muitas pessoas buscam uma lista de remédios para impotência masculina e feminina e acabam fazendo o mal uso desses medicamentos que podem trazer sérios efeitos colaterais.

Por isso, nada de tomar remédios, pois o tratamento pode ser feito naturalmente e deve ter um acompanhamento médico.

Causas

A anorgasmia pode ser causado por fatores físicos ou psicológicos que surgem durante o contato íntimo e impedem a liberação de prazer que caracteriza o orgasmo, podendo causar desconforto e dor.

O fingimento do orgasmo pode ser um fator de causa da anorgasmia. Isso porque quando você fingi, você fortalece a crença de que você é incapaz de chegar ao orgasmo, ou seja, o seu cérebro passa a acreditar de que você não pode de ter um orgasmo e com isso vai ficar quase impossível de você liberar o fluxo que permite o orgasmo acontecer.

O estresse é uma das preocupações mundiais, tanto é que seu excesso pode trazer inúmeros problemas para a saúde como a anorgasmia. Isso acontece devido o estresse bloquear o relaxamento e não deixa a pessoa se concentrar no momento presente dificultando a ereção.

Além disso, o estresse é um dos causadores da falta de libido e na diminuição do desempenho sexual.

A falta de consciência corporal também pode causar a anorgasmia já que muitas mulheres nunca se tocaram e nunca pararam para explorar os prazeres que o seu corpo pode oferecer. Exatamente por isso que a ginástica íntima ajuda muito a desenvolver essa habilidade de orgasmo vaginal.

Mulheres que já foram vítimas de violência sexual necessitam de acompanhamento médico de rotina, com suporte psicológico e orientação sexual. Isso porque em vez de relaxar e aproveitar a relação sexual, a mulher pode relembrar cenas tristes que aconteceram, interferindo na libido e na ereção.

Vale destacar também que a anorgasmia pode ser causada pelo envelhecimento, por problemas físicos devido a doenças que afetam a região reprodutiva do corpo, como diabetes e esclerose múltipla.

O uso de medicamentos para controlar pressão alta, depressão ou alergias ou pelo uso excessivo de álcool e cigarro também pode causar a anorgasmia.

Como é feito o tratamento?

Tratamento contra anorgasmia

O tratamento eficaz da anorgasmia deve ser feito com o acompanhamento médico. Em muitos casos apenas as mudanças no estilo de vida e a terapia sexual já é o suficiente. O uso de medicamento deve ser feito em último caso.

Mudança na alimentação como o consumo regular de verduras, legumes e frutas podem ser muito eficazes contra a anorgasmia. O consumo regular de proteínas de alta qualidade como ovo e carne animal também podem ser bem eficazes contra o problema.

O consumo de alimentos afrodisíacos, como pimenta, canela, gengibre, banana, abacate e melancia, também podem ser eficazes já que esses alimentos ajudam no aumento da libido e da lubrificação vaginal o que contribui para o conforto e prazer na hora do sexo e favorece a ereção.

A terapia sexual pode ser eficaz contra a anorgasmia porque pode ajudar a pessoa identificar o que causa o bloqueio no momento do contato íntimo e a encontrar soluções para superar esse problema.

A psicoterapia também ajuda a avaliar problemas de infância ou fatos na vida que afetam a percepção do prazer no sexo, como repressão dos pais, crenças religiosas ou traumas causados por abusos sexuais.

Como ser uma pessoa boa de camaA procura de proporcionar prazer para o parceiro (a) está em alta entre as pessoas. Não é atoa que esse assunto é um dos mais procurados na internet.

E o primeiro artigo do blog falaremos disso!

Afinal, como ser uma pessoa boa de cama?

Todo mundo gosta de dar e receber prazer e para você ser uma pessoa boa de cama não precisa ser uma estrela pornô ou fazer alguma coisa maluca para agradar seu parceiro (a).

Mente aberta

O primeiro passo para você ser uma pessoa boa de cama é ter a mente aberta. Assim, tudo ficará mais fácil para ambos.

No geral, pessoas com a mente aberta estão mais apitas a evoluir em todas as partes da vida.

Mas ter a mente aberta é para poucos. Pessoas de mente aberta são tolerantes com opiniões diferentes das suas, o que não significa que têm sangue de barata. Ter a mente aberta significa reconhecer a importância dos opostos.

Exatamente por isso, você precisa pesquisar mais sobre o assunto e também tentar conhecer mais a fundo o parceiro (sexualmente falando), pode ser algo muito positivo para a relação, independente do tipo de relação.

Preliminares

Fazer as preliminares é algo muito importante na hora do sexo.

Embora seja pouco praticado entre homens e mulheres. É os homens que pecam mais nesse quesito.

Pois muitos buscam soluções de como aumentar o penis rapidamente para dar mais prazer para sua parceira. Sendo que é possível fazer isso através das preliminares.

Embora seja muito mais fácil para a mulher, o homem precisa saber como estimular uma mulher na preliminar, por que quanto mais estimulada, maiores as chances dela gozar no início da penetração, ou até antes!

Mais vale destacar que a região genital feminina é mais extensa e mais espalhada do que a masculina. Isso quer dizer que há uma maior necessidade de tempo até que toda a área seja irrigada de tesão.

Até porque, os preliminares são essenciais para que o útero da mulher sofra uma ligeira elevação, para o canal vaginal alongar e lubrificar, permitindo e facilitando a penetração sem que a mulher sinta dor e, assim, consiga alcançar o orgasmo.

Olhar

O contato visual é muito importante e pode ser muito excitante nas preliminares e durante o sexo. É pelo olhar que se estabelecem a cumplicidade, a conexão e o jogo de sedução entre um casal.

O fato é que o olho no olho é uma ótima maneira para não se distrair tanto com o que acontece na cama e com os seus próprios pensamentos e reforçar a ligação íntima que vocês têm.

Inovação

Inovação no sexoAssim como tudo na vida, a inovação na hora do sexo é fundamental.

A regra aqui é não deixar cair no “mais do mesmo” e inovar a ponto de surpreender seu parceiro (a).

Infelizmente, muita gente tem um “roteiro pré-estabelecido” do que é transar, com direito a uma sequência de tipos de preliminares, hora de tirar a roupa, qual posição fazer, depois para qual posição trocar.

E com o passar dos tempos esse roteiro fica batido e acaba não surpreendendo mais o seu parceiro (a). Por isso, a inovação é o segredo aqui.

Faça posições diferentes, transe em lugares diferentes e invista em brinquedinhos para surpreender seu parceiro (a).

Quando falo brinquedos, não estou falando somente de vibradores ou próteses (que podem assustar o homem). Mas sim, de cosméticos para sexo oral, que aquecem ou esfriam, ou em vendas para os olhos, algemas, cremes de massagem, fantasias, ou seja, opções é o que não faltam.

Sem nojinhos, ok?

Ainda nos dias atuais, muitas pessoas sentem nojinho de fazer isso ou aquilo na hora do sexo.

E esse bloqueio impede o casal de experimentar coisas novas e de perceber que o sexo oral e anal dão sim, muito prazer, desde que feitos com cuidado, proteção e depois de muita conversa a dois.

Além disso, baba, suor e lubrificação devem se misturar. Quanto mais fluidos corporais, melhor. Afinal, é eles que fazem a pele deslizar e dão ritmo aos movimentos. Vale cuspir e lambuzar o outro, percorrer a língua por seus orifícios, pôr tudo na boca.

Se alguma parte do seu parceiro esta fedido é uma ótima oportunidade para vocês tomarem banho juntos e começarem a brincadeira de uma maneira diferente, não acha? 😉

Você sabe o que é sexo baunilha?

Vale muito a pena ler esse artigo que fala sobre ele.